28
Mai 07

 

 

O meu corpo era o teu caminho...mas não o soubeste explorar...

O meu beijo pertencia-te...mas não o soubeste saborear...

O meu desejo era faminto...mas não o soubeste saciar...

O meu coração era morno...mas não o soubeste incendiar...

O meu amor era enorme...mas não o soubeste prolongar...

A minha alma fugiu...e tu soubeste como a salvar...

 

 

Escrito por Someone Else às 23:10

Pois... só que uma entrega assim, nem sempre existe... é algo muito especial e raro.
1 beijo

pois, e é preciso ter certeza a quem a entregamos...

bjos

Por vezes a certeza está mesmo ali do outro lado da janela ;)
http://almaebria.blogs.sapo.pt/1150.html

lool. eu nao tenho nenhuma janela a frente da minha casa :(

Maio 2007
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
16
17
18
19

20
21
22
23
24
25
26

27


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

mais sobre mim